Como usar uma VPN para acessar conteúdo bloqueado (atualizado 2020)

Última atualização por Kate Hawkins em maio 08, 2020

Você já deve ter ouvido falar que usar uma VPN é uma boa maneira de contornar o incômodo dos conteúdos bloqueados – mas como? Uma VPN premium disfarça seu endereço IP, ocultando-o de terceiros, como a Netflix e o BBC iPlayer. Sua conexão atravessa um servidor VPN, como se viesse de um local diferente, para que você possa visualizar conteúdo do mundo todo a partir de qualquer lugar.

Alguns serviços, como a Netflix, constantemente aprimoraram sua tecnologia para detectar e bloquear servidores VPN. Isso geralmente ocorre devido a restrições de transmissão ou imposição de censura em países com regulamentos governamentais. Com uma VPN confiável (como a NordVPN), você ficará invisível à tecnologia de detecção e acessará facilmente os sites e serviços que deseja.

Desbloquear conteúdo com a NordVPN

Guia rápido: ignore os conteúdos bloqueados em 3 simples passos com uma VPN

  1. Baixe e instale uma VPN — a NordVPN possui milhares de servidores em todo o mundo que contornam o bloqueio de conteúdo.
  2. Abra a VPN e conecte-se a um servidor no local correto de onde quer acessar. Por exemplo, ao assistir ao Hulu, você pode preferir um servidors dos EUA; um servidor britânico é ideal para transmissões do BBC iPlayer; ou um servidor do Brasil para acessar sites locais do exterior.
  3. Visite o site ou abra o aplicativo que você deseja usar e comece sua navegação ou streaming!

Obtenha a NordVPN hoje

Dica: se você está conectado a um servidor VPN e ainda não consegue acessar um serviço da internet, tente limpar o cache e os cookies do navegador. Suas informações de localização são armazenadas e enviadas para o site – limpar essas informações impede o site de ver seu verdadeiro endereço IP.

Como escolher a melhor VPN para ignorar o bloqueio de conteúdo

Quando você procura por uma VPN que possa acessar consistentemente conteúdo restrito, há algumas coisas a considerar. Durante meus testes com as VPNs, verifiquei cada uma para garantir que tivessem os seguintes recursos:

  • Criptografia de alto nível — a VPN possui criptografia de dados forte para garantir que seu endereço IP esteja oculto?
  • Servidores globais — a VPN possui servidores em diferentes países do mundo? Existem servidores suficientes para evitar a lentidão na conexão durante os horários de pico? A VPN possui servidores no Brasil para que você possa acessar sites locais quando estiver no exterior?
  • Configurações de conexão personalizáveis — se um site ou serviço tiver bloqueios contra VPN, você poderá direcionar a VPN para outra porta para acesso? A VPN possui endereços IP dedicados para usuários individuais?
  • Atendimento ao cliente — a equipe de atendimento ao cliente entende do assunto? Ela pode recomendar servidores alternativos se um estiver bloqueado?

Ignorar bloqueios com a NordVPN

3 melhores VPNs para ignorar bloqueio de conteúdo

1. NordVPN — Milhares de servidores em todo o mundo desbloqueiam facilmente conteúdo restrito

image of nordvpn homepage on mobile, tablet, and laptop screens

Principais características:

  • Mais de 5500 servidores em 59 países (com 19 servidores no Brasil)
  • Criptografia de nível militar e proteção contra vazamentos de DNS (DNS leak protection)
  • Tecnologia SmartPlay que conecta você ao servidor de streaming mais rápido automaticamente
  • Chat ao vivo disponível 24 horas/7 dias
  • Garantia de reembolso de 30 dias

A NordVPN possui milhares de servidores confiáveis que facilmente contornam as restrições de conteúdo, tornando-a minha opção número um. A criptografia de ponta da NordVPN e várias configurações de servidor mantêm seus dados protegidos para que você possa se conectar ao conteúdo que deseja.

A tecnologia de criptografia da NordVPN oculta sua localização para ignorar as restrições de conteúdo regional

Em “Configurações avançadas”, você tem a opção de alterar seu protocolo VPN, definir um DNS personalizado e usar servidores ofuscados (obfuscated servers). Essas configurações de segurança mantêm seus dados pessoais ocultos e permitem que sua conexão libere conteúdo e ultrapasse as restrições de firewall.

Enquanto testava a NordVPN, fiquei impressionado com sua tecnologia SmartPlay. Minhas conexões eram consistentemente rápidas, principalmente durante o streaming. Testei mais de 50 servidores de diferentes países e percebi que minha velocidade média de download, quando conectado, era de 48 Mbps. Isso foi rápido o suficiente para eu assistir à Netflix americana com qualidade UltraHD e sem buffering ou interrupções.

A NordVPN tem atendimento ao cliente disponível 24 horas/7 dias, com chat ao vivo em seu site. Os funcionários de atendimento têm conhecimento e podem sugerir servidores que liberam conteúdo com segurança. Com a garantia de reembolso de 30 dias da NordVPN, você pode experimentar a VPN antes de se comprometer com um plano de longo prazo.

Experimente a NordVPN gratuitamente hoje!

2. ExpressVPN — Velocidades de download super rápidas para streaming e desbloqueio rápidos de conteúdo

screenshot of devices with installed expressvpn

Principais características:

  • Mais de 3000 servidores em 94 países (com 1 servidor no Brasil)
  • Criptografia de primeira linha e proteção contra vazamentos de DNS mantêm os dados seguros
  • Largura de banda ilimitada fornece as velocidades mais rápidas possíveis para navegação e streaming
  • Chat ao vivo disponível 24 horas/7 dias
  • Garantia de reembolso de 30 dias

A ExpressVPN possui conexões consistentemente rápidas, independentemente do servidor usado para liberar o conteúdo. Quando conectado à ExpressVPN durante meus testes, minha velocidade média foi de 50 Mbps – apenas 3 Mbps mais lenta que minha velocidade de download padrão. Em outras palavras, eu consegui assistir a programas e filmes na Netflix com qualidade UltraHD, independentemente de onde eu estivesse conectado.

A excelente criptografia da ExpressVPN permite acessar sites e serviços restritos com facilidade. É uma das únicas VPNs premium que podem contornar a rigorosa censura da internet na China. Percebi que havia problemas para transmitir a Netflix na América do Sul, mas conseguia desbloquear conteúdo em outros locais.

Com sua interface fácil de usar, a ExpressVPN é uma boa opção se você não é um expert em VPNs. Uma conexão de apenas um clique mantém seu dispositivo criptografado e rapidamente seguro – a opção de servidores “Favoritos” permite que você se conecte ainda mais rápido. Gosto do serviço de atendimento ao cliente da ExpressVPN, e achei que foram úteis ao processar meu reembolso. Usei a garantia de reembolso da ExpressVPN de 30 dias e recebi meu dinheiro de volta em menos de três dias úteis.

Baixe a ExpressVPN agora

3. CyberGhost — Servidores otimizados para streaming e dedicados ao desbloqueio de conteúdo

screenshot of devices with installed cyberghostvpn

Principais características:

  • Mais de 5500 servidores em 90 países (com 10 servidores no Brasil)
  • Criptografia AES de 256 bits, proteção contra vazamento de DNS e IP (DNS & IP leak protection) protegem sua conexão
  • Largura de banda ilimitada e servidores otimizados para velocidades rápidas
  • Chat ao vivo disponível 24 horas/7 dias
  • Garantia de reembolso de até 45 dias

O CyberGhost possui uma variedade de servidores otimizados dedicados a sites e serviços de streaming em todo o mundo. Esses servidores otimizados podem desbloquear o conteúdo restrito, permitindo ignorar o complicado erro de proxy da Netflix, assistir ao YouTube ou ouvir estações de rádio estrangeiras.

Os servidores otimizados do CyberGhost ignoram consistentemente o bloqueio de conteúdo para acessar serviços de streaming no mundo todo

Durante a realização de testes, notei que alguns servidores otimizados – Netflix, Disney + e UK Channel 4 – estavam frequentemente lotados. Eu tive que me conectar a servidores normais para acessar esses serviços de streaming. Percebi que minhas velocidades eram mais lentas e tive que tentar algumas vezes antes de me conectar e assistir aos programas que eu queria.

Fiquei impressionado com a proteção consistente contra vazamentos de DNS e a segurança de dados do CyberGhost nos servidores. Fiz vários testes de vazamento e a criptografia de alto nível passou todas as vezes. O CyberGhost oferece uma garantia de reembolso de 45 dias se você assinar o serviço por 6 meses ou mais. Se você quiser experimentar o CyberGhost por um tempo menor, poderá obter uma garantia de reembolso de 14 dias com um plano de 1 mês.

Experimente o CyberGhost sem riscos!

Perguntas frequentes: o que você precisa saber sobre conteúdo bloqueado e VPN

Que tipo de bloqueio de conteúdo sites e outros serviços usam?

Existem vários tipos diferentes de bloqueio de conteúdo usados por sites e serviços de streaming, dependendo do motivo da restrição:

  • Bloqueios geográficos – essa tecnologia de bloqueio é frequentemente usada por serviços de streaming, como Netflix ou BBC iPlayer, ou por sites de mídia que precisam cumprir os regulamentos do Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR, em inglês). Bloqueio de conteúdo baseados em localização são usados devido a restrições de direitos autorais ou transmissão. Ele garante que dispositivos com endereços IP fora da região específica não possam acessar o conteúdo. Se um site possuir um bloqueio geográfico, você verá uma mensagem de erro como esta:
    disney plus service unavailable error message
    A Disney+ exibe esta mensagem de erro se você estiver fora dos locais de serviço
  • Restrições governamentais – alguns governos (como os da China ou da Rússia) restringem o acesso à internet para bloquear determinados sites e serviços. Isso pode envolver o bloqueio do acesso a serviços de streaming, sites externos de notícias ou a proibição da visualização de determinadas informações.
  • Firewalls – similarmente ao “Grande Firewall da China (Great Firewall of China)”, que impede que as pessoas no país visualizem conteúdo proibido, os firewalls podem ser usados em locais como prédios de escritórios e propriedades do governo para bloquear sites e conteúdos.

Como os sites sabem que estou usando uma VPN?

Governos, provedores de conteúdo e locais de negócios estão se tornando cada vez mais informados sobre como bloquear software específico. Eles sabem que as VPNs são ferramentas poderosas para a privacidade online e desejam controlar seus dados. A tecnologia de detecção de VPN melhorou consideravelmente, com muitos sites e serviços usando mais de uma maneira de verificar se você está usando uma VPN:

  • Bloqueio de IP: sites e aplicativos podem ver o endereço IP que sua VPN está usando. Eles verificam o endereço IP em um banco de dados de servidores VPN conhecidos e, se houver uma correspondência, você será impedido de visualizar o conteúdo.
  • Bloqueio de portas: semelhante ao bloqueio de IP, o administrador da rede pode ver quais portas são mais usadas pelas VPNs e fechá-las, negando acesso à rede.
  • Inspeção profunda de pacotes (Deep Packet Inspection – DPI): os dados que trafegam pela rede são examinados para ver de onde vieram e se estão sendo criptografados por uma VPN. Se estiverem, os dados são bloqueados para que o conteúdo não possa ser acessado.

Como uma VPN ignora esses bloqueios?

Uma VPN funciona passando suas informações através de um túnel de criptografia, ocultando-as de terceiros. Isso esconde sua identidade real e mantém você invisível.

As VPNs são a maneira mais eficaz de ignorar bloqueios de conteúdo, sejam eles baseados em sua localização, endereço IP, inspeção profunda de pacotes (DPI) ou qualquer outro método de identificação. Uma VPN premium trabalha para ficar à frente do processo de identificação e bloqueio, para que você possa continuar acessando conteúdo restrito.

Desbloquear conteúdo com a NordVPN

Minha VPN não está desbloqueando conteúdo – o que devo fazer?

Se você estiver usando uma VPN premium e descobrir que o servidor está bloqueado – não entre em pânico! Há várias coisas que você pode fazer para se reconectar ao conteúdo que deseja visualizar.

  • Configurar um endereço IP dedicado: algumas VPNs premium, como a NordVPN, oferecem um endereço IP dedicado por uma taxa adicional. Este endereço IP não será vinculado a um serviço VPN em nenhum banco de dados, pois você será o único a usá-lo.
  • Altere a porta da VPN: algumas portas de VPN são mais usadas do que outras (como porta 443, porta 80 e porta 110). Ao acessar as “Configurações” da VPN, você poderá alterar a porta para uma menos comum – tente 44185 ou 2018.
  • Use sua VPN com o Tor: navegadores Tor roteiam suas informações através de uma complexa rede de portas que não podem ser rastreadas até os computadores de origem. Usar um navegador Tor com uma VPN pode deixar sua conexão mais lenta, mas é uma maneira eficaz de desbloquear conteúdo restrito.
  • Entre em contato com o atendimento ao cliente: se tudo nada disso funcionar, entre em contato com o suporte ao cliente. A maioria das VPNs premium contam com bate-papo ao vivo 24 horas por dia, 7 dias por semana, e seus agentes de suporte podem recomendar um servidor alternativo e desbloqueado. Eles também tomarão nota do bloqueio.

Posso usar uma VPN gratuita para ignorar o bloqueio de conteúdo?

As VPNs gratuitas são muito limitadas em termos de números de servidor e tecnologia de criptografia. Embora algumas VPNs gratuitas possam desbloquear algum conteúdo, muitas não são confiáveis. A criptografia fraca aumenta a probabilidade de uma VPN gratuita ser detectada. Com um número pequeno de servidores e menos endereços IP, percebi que as VPNs gratuitas não conseguem contornar os bloqueios de conteúdo facilmente.

A criptografia fraca também torna uma VPN gratuita menos segura, pois seus dados pessoais não estão ocultos com segurança. Algumas VPNs gratuitas contam com publicidade para gerar receita, o que significa que vendem suas informações por dinheiro. Isso coloca você em risco de roubo de identidade. A maneira mais segura e confiável de desbloquear o conteúdo é com uma VPN premium.

Se você precisar de uma VPN por um curto período de tempo ou quiser experimentá-la antes de se comprometer com um plano de longo prazo, todas as VPNs da minha lista oferecem uma garantia de reembolso. Você pode usar uma VPN como a NordVPN para desbloquear conteúdo e obter um reembolso total.

Posso usar um proxy em vez de uma VPN?

Os proxies não são tão eficazes ou tão seguros quanto uma VPN. Embora eles funcionam de maneira semelhante a uma VPN, um proxy não criptografa seus dados como uma VPN. Isso significa que todo o seu histórico de navegação e tráfego online podem ser vistos e registrados por terceiros. Isso pode comprometer seus dados e segurança.

A melhor maneira de desbloquear conteúdo é usar uma VPN premium que ignore as restrições e proteja seus dados ao mesmo tempo.

Experimente a NordVPN gratuitamente hoje!

Desbloqueie o conteúdo com uma VPN premium confiável

Sua segurança de dados é importante, assim como sua liberdade na internet. Com as VPNs na minha lista, você poderá manter suas informações pessoais seguras e desbloquear o conteúdo que deseja visualizar. Confiar em VPNs ou proxies gratuitos pode acabar comprometendo sua segurança – portanto, não arrisque! Você pode experimentar VPNs de qualidade, como a NordVPN, sem risco, com suas garantias de reembolso.

Desbloquear conteúdo com a NordVPN

Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
4.20 Votado por 3 usuários
Título
Comentar
Obrigado por seu feedback
Kate Hawkins
Kate Hawkins é escritora e especialista em web com foco em tecnologia e grande interesse em segurança e privacidade online. Ela gosta de se ater a novas tecnologias e pesquisar as últimas tendências de segurança cibernética para manter os leitores informados e seguros na internet.