iPhone hackeado? Aprenda o que fazer (2024)

Sayb Saad
Última atualização por Sayb Saad em Maio 13, 2024

Se você vir aplicativos aleatórios na tela inicial ou entradas de calendário desconhecidas, é provável que seu iPhone tenha sido hackeado. Embora mais seguro do que o Android, seu iPhone ainda é vulnerável. Os hackers podem explorar brechas de segurança no nível do sistema para roubar seus dados confidenciais.

Saber se seu iPhone foi hackeado é complicado. Normalmente, você notará comportamentos estranhos, como esgotamento rápido da bateria, novos ícones, uso excessivo de dados e compromissos de calendário desconhecidos. É melhor prevenir do que remediar, portanto, você deve observar práticas de navegação seguras.

Um antivírus confiável para iOS é crucial se o seu iPhone estiver infectado ou se você quiser evitar ataques futuros. Após testar todas as principais marcas, o Norton é minha principal escolha em proteção para iPhone devido à sua proteção perfeita em tempo real. Você pode experimentá-lo sem riscos com sua política de reembolso de 60 dias.

Proteja seu iPhone com o Norton

Guia rápido: como resgatar rapidamente um iPhone hackeado

  1. Baixe e instale um antivírusSugiro o Norton para iPhone devido à sua proteção impecável em tempo real e recursos extras úteis, como varredura de violação de dados e proteção contra spam.
  2. Verifique a segurança geral – O antivírus buscará aplicativos suspeitos, softwares desatualizados e arquivos maliciosos no seu iPhone.
  3. Remova infecções – Resolva todos os problemas que o antivírus detectou e seu iPhone estará livre de vírus.

Como os iPhones são hackeados?

Jailbreaking

O jailbreak ignora as restrições da Apple e permite que você instale aplicativos não autorizados, ajustes e temas indisponíveis na App Store. No processo, buracos são criados nas defesas de segurança do seu iPhone e o expõe a malware e spyware. O jailbreak também pode desativar o sandboxing (isolamento) de aplicativos, facilitando que softwares mal-intencionados assumam o controle total do dispositivo.

Phishing

Um ataque de phishing induz você a clicar em um link suspeito e revelar dados confidenciais, como seu login e credenciais financeiras. Os hackers costumam usar e-mails, mensagens de texto ou mensagens de mídia social que imitam organizações legítimas. Depois de clicar em um link malicioso, você pode instalar malwares sem querer ou revelar informações confidenciais.

Perfis de MDM/Provisionamento

Os perfis de Gerenciamento de Dispositivos Móveis (MDM) são ferramentas legítimas que as organizações usam para gerenciar dispositivos como iPhones em sua rede. Os perfis de MDM maliciosos podem dar aos invasores controle remoto sobre seu iPhone, permitindo que visualizem seus dados, instalem aplicativos, rastreiem você ou até mesmo limpem remotamente seu dispositivo.

WiFi inseguro

Os hackers podem explorar redes WiFi não criptografadas para interceptar dados confidenciais que transitam entre o iPhone e a Internet. Esses ataques Man-in-the-Middle (intercepção) permitem que seus dados passem por eles. Os invasores também podem criar hotspots WiFi falsos, atraindo usuários desavisados para se conectarem. Uma vez conectados, podem roubar dados ou redirecioná-lo para sites maliciosos.

Como saber se meu iPhone foi hackeado?

O celular fica mais quente do que o normal ou sem bateria rapidamente

Aumentos inexplicáveis na temperatura do seu iPhone ou rápido esgotamento da bateria são possíveis sinais de alerta. Aplicativos maliciosos consomem recursos extras do telefone, fazendo com que seu iPhone superaqueça e drene a bateria mais rapidamente. Esses sintomas sugerem que seu dispositivo pode estar executando tarefas definidas por um invasor, como minerar criptomoedas ou transmitir dados para um servidor remoto.

Aplicativos não reconhecidos na tela inicial

Se você vir aplicativos que não instalou, seu iPhone provavelmente foi comprometido. Esses aplicativos podem ter sido instalados silenciosamente por meio de vulnerabilidades do sistema ou como resultado de ataques de phishing. Esses aplicativos geralmente são trojans que criam backdoors (vulnerabilidades) para que os invasores explorem seu dispositivo, roubem informações confidenciais ou rastreiem seus movimentos e atividades sem o seu consentimento.

Você está bloqueado do seu Apple ID

Não conseguir fazer login com seu ID Apple pode significar que sua conta foi comprometida. Com um ataque de phishing bem-sucedido, os hackers podem acessar seu ID Apple e bloquear seu iPhone. Nesses cenários, tome medidas imediatas para proteger sua conta, como redefinir sua senha e ativar a autenticação de dois fatores.

Luzes indicadoras de câmera ou microfone

O iPhone indica quando você está usando a câmera ou o microfone. Ver essas luzes quando você não está usando um aplicativo que requer captura visual ou de áudio é um sinal de acesso não autorizado. O malware ou spyware oculto em seu dispositivo pode gravar secretamente conversas ou seus arredores para vigilância e espionagem.

Mensagens estranhas de seu número

Se seus contatos relatarem o recebimento de mensagens ou e-mails que você não enviou, a segurança do seu iPhone pode estar comprometida. Nessas situações, os hackers acessam sua conta para espalhar links de phishing, malware ou golpes entre sua rede. O objetivo é explorar seus contatos estabelecidos para promover atividades maliciosas.

Queda de desempenho

Se o seu iPhone começar a ficar lento ou os aplicativos travarem mais do que o normal, seu dispositivo pode ter um software prejudicial. Aplicativos maliciosos podem ser executados secretamente em segundo plano e consumir os recursos do seu telefone. Alguns vírus roubam dados do seu dispositivo e os enviam para o invasor. Isso requer muitos recursos computacionais, o que torna seu iPhone lento.

Compras não autorizadas

Compras que você não fez na sua conta Apple indicam que alguém pode ter acesso não autorizado. Depois que os hackers tiverem seu ID Apple, poderão comprar aplicativos, jogos, música ou produtos físicos. Se você vir uma atividade financeira suspeita, altere imediatamente a senha do seu Apple ID e entre em contato com o suporte da Apple para relatar o problema.

Alto uso de dados

Um aumento inesperado no uso de dados geralmente sinaliza um iPhone comprometido. Pode ser um malware transmitindo seus dados para um invasor ou baixando arquivos maliciosos. Analise seus padrões de uso de dados, identifique anomalias e procure aplicativos que consumam quantidades desproporcionais de dados, especialmente aqueles que você não usa com frequência.

Guia passo a passo: o que fazer se seu iPhone for hackeado

Baixe e instale um antivírus

O primeiro passo é instalar um antivírus iOS de credibilidade no seu iPhone. Isso removerá as infecções existentes no seu dispositivo e evitará futuras infecções. Prefiro o Norton, pois seu mecanismo de segurança comportamental SONAR examina o comportamento do aplicativo para determinar se é malicioso, fornecendo 100% de proteção precisa em tempo real para o seu iPhone.

Verifique se há eventos suspeitos no seu calendário do iOS

Os hackers podem adicionar spam ou eventos de phishing ao seu calendário. Abra o aplicativo Calendário e procure eventos que você não reconhece, especialmente aqueles com links suspeitos ou descrições pouco claras. Você pode excluí-los diretamente e ajustar as configurações do seu calendário para evitar adições indesejadas no futuro, como desativar as adições automáticas de eventos de e-mails.

Altere sua senha do Apple ID e ative a autenticação de dois fatores

Alterar a senha do seu Apple ID permite recuperar o controle da sua conta. Para alterar sua senha, acesse a página da conta do Apple ID. Em seguida, ative a autenticação de dois fatores (2FA) para o seu ID Apple para adicionar uma camada extra de segurança. Mesmo que alguém descubra sua senha, ainda precisará acessar seu dispositivo confiável para fazer login.

Atualize o iOS e os aplicativos

As atualizações incluem patches para vulnerabilidades que os hackers podem explorar. Para atualizar o iOS, acesse “Configurações”, “Geral” e toque em “Atualização de software”. Para aplicativos, abra a App Store, toque no ícone do seu perfil e atualize todos os aplicativos que não estão executando a versão mais recente. Atualizações regulares podem reduzir significativamente o risco de explorações de segurança.

Remova quaisquer perfis de configuração

Perfis maliciosos podem ter sido instalados sem o seu conhecimento. Acesse “Configurações”, “Geral” e toque em “Gerenciamento de dispositivos e VPN”. Se você encontrar algum perfil que não reconheça ou não se lembre de ter instalado, exclua-o. Removê-los revogará quaisquer controles não autorizados sobre o seu dispositivo.

Verifique as configurações de privacidade do seu aplicativo e suas assinaturas

Revise as configurações de privacidade de cada aplicativo e verifique se têm acesso apenas às informações necessárias. Acesse “Configurações”, role para baixo até “Privacidade e Segurança” e ajuste as permissões de localização, contatos, fotos e outros. Além disso, verifique suas assinaturas. Se você encontrar assinaturas não autorizadas, cancele-as imediatamente.

Desinstale aplicativos inseguros ou suspeitos

Se você identificou aplicativos suspeitos dos quais não se lembra de ter baixado, desinstale-os imediatamente. Pressione e segure o ícone do aplicativo na tela inicial e toque em “Remover aplicativo”. Ou acesse “Configurações”, toque em “Geral” e em “Armazenamento do iPhone” e, em seguida, toque nos aplicativos suspeitos e escolha “Excluir aplicativo”. Remover esses aplicativos pode ajudar a eliminar possíveis ameaças à segurança do seu iPhone.

Execute uma verificação de violação de dados

Uma verificação de violação de dados compara seu endereço de e-mail e outros dados pessoais com bancos de dados expostos em violações conhecidas. Se a verificação revelar um comprometimento, altere imediatamente as senhas das contas afetadas e considere medidas de segurança adicionais, como monitoramento de crédito, se houver informações financeiras envolvidas.

Use uma VPN (rede virtual privada)

Uma VPN criptografa seu tráfego de Internet antes que saia do seu iPhone. O serviço embaralha seus dados em pedaços de código. Mesmo que hackers interceptem seus dados, não poderão lê-los. Uma VPN também mascara seu endereço IP original, tornando mais difícil para hackers rastrearem sua atividade online. Alguns antivírus têm uma VPN integrada, então você não precisa pagar por uma independente.

Redefina seu iPhone

Se você suspeitar que seu iPhone ainda está comprometido, execute uma redefinição de fábrica como último recurso. Isso apagará todos os dados, incluindo softwares maliciosos, e retornará seu iPhone ao seu estado original. Antes de fazer isso, certifique-se de fazer backup de dados importantes. Para redefinir, acesse “Configurações”, “Geral” e toque em “Transferir ou redefinir iPhone”. Você terá que iniciá-lo através do FaceID ou do código de desbloqueio do seu telefone.

Dicas para proteger seu iPhone de ser hackeado

Além das etapas acima, você deve observar práticas seguras para evitar ataques de malware. Aqui estão algumas dicas adicionais a serem consideradas:

  • Limite o acesso à Siri – desative o acesso à Siri a partir da tela de bloqueio para evitar que usuários não autorizados obtenham informações pessoais sem sua senha.
  • Ative a busca do iPhone – ajuda você a localizar seu dispositivo em caso de perda ou roubo e permite apagar dados remotamente, se necessário.
  • Use o Acesso Guiado para Controle de Aplicativos – restringe seu iPhone a um único aplicativo e permite controlar quais recursos estão disponíveis.
  • Configure um bloqueio de PIN do SIM – requer um PIN para acessar serviços de celular, impedindo o uso não autorizado do seu plano de dados se o seu iPhone for extraviado ou roubado.
  • Revise os locais de login – verifique a lista de locais onde seu Apple ID foi usado para fazer login. Se você vir locais desconhecidos, altere sua senha imediatamente.
  • Desative conexões WiFi automáticas – impede que seu iPhone se conecte automaticamente a redes WiFi para reduzir o risco de se juntar a outras maliciosas.

Melhores softwares para evitar hacks no iPhone – Resultados completos de testes em 2024

1. Norton – Melhor antivírus geral para evitar invasões ao iPhone

Principais características:

  • Garante uma pontuação de proteção em tempo real de 100% contra ameaças específicas do iOS
  • Protege você de WiFi inseguro, SMS de spam e convites suspeitos do Calendário iOS
  • Funciona no iOS 13 e superior e é compatível com macOS, Windows e Android
  • Suporte rápido ao cliente via chat ao vivo 24 horas, telefone e recursos online
  • Equipado com uma garantia de reembolso de 60 dias

O Norton é minha principal escolha para proteger iPhones. Sua análise SONAR vê como os aplicativos se comportam e evita danos se agirem de forma suspeita, como acessar sua câmera sem permissão. A análise heurística detecta comportamentos potencialmente prejudiciais analisando padrões e características típicas de malware, mesmo que a ameaça não tenha sido identificada anteriormente. O Norton também conta com:

  • Firewall – cria regras para cada aplicativo e bloqueia conexões com assinaturas de ataque, mantendo uma lista segura de aplicativos confiáveis, como o Skype.
  • Segurança WiFi – verifica as redes WiFi e permite que você saiba se são seguras para se conectar, examinando padrões de criptografia, configuração de rede e protocolos de autenticação.
  • Proteção contra spam – bloqueia URLs fraudulentos e quaisquer links maliciosos via SMS (iMessage não suportado) e evita chamadas irritantes.
  • Calendário seguro – verifica e bloqueia convites de calendário recebidos em busca de características suspeitas, como detalhes vagos de eventos e informações incomuns do remetente.

Ele detecta 100% de malware e bloqueia 100% de infecções em tempo real. A proteção da web do Norton bloqueou 12 sites maliciosos conhecidos em meus testes. Quando tentei visitá-los no navegador Safari do meu iPhone, recebi um aviso dizendo que o site não era seguro. Sem o Norton, o Safari não bloqueou a maioria dos sites, indicando que não é confiável.

Screenshot of comparison between Norton blocking a malicious site and Safari allowing it

A proteção da web do Norton bloqueou todas as minhas tentativas de acessar sites inseguros

Mesmo depois de deixar o Norton rodar no meu iPhone por mais de um dia, não percebi nenhum atraso ou lentidão perceptível. Seu aplicativo para iOS tem pouco mais de 100 MB, mais leve do que concorrentes como a McAfee, e oferece suporte em português. Embora sua VPN integrada não seja tão boa quanto as VPNs independente de ponta, é o suficiente para mantê-lo anônimo online, com servidores em mais de 25 locais, incluindo no Brasil.

Embora sua base de conhecimento online deva responder à maioria das dúvidas básicas, você pode entrar em contato com o chat ao vivo do Norton depois de preencher um breve formulário em seu site. Para assistência personalizada, seu suporte por telefone está disponível em mais de 50 países e idiomas diferentes do inglês, inclusive português. As linhas de apoio dos EUA e do Reino Unido funcionam 24 horas, mas espere algum atraso antes de se conectar a um agente de suporte.

Você pode obter o Norton no iOS com seu plano Norton Mobile Security, mas eu escolheria o plano Deluxe por €34.99/ano, pois cobre até 5 conexões simultâneas. A empresa oferece um plano separado para usuários dos EUA, com até 250 GB de armazenamento em nuvem, proteção de carteira e bloqueio de identidade.

Todos os planos são apoiados por uma política de reembolso de 60 dias, para que você possa experimentá-lo sem riscos. Enviei minha solicitação de reembolso via chat ao vivo e o agente de suporte confirmou depois de me perguntar se eu precisava de ajuda para solucionar algo. Demorou 5 dias para recuperar meus fundos.

2. TotalAV – Ferramentas de otimização melhoram o desempenho do seu iPhone

Principais características:

  • Tem uma detecção de 100% e 100% de pontuação de proteção em tempo real
  • Inclui uma VPN integrada, verificador de violação de dados, bloqueador de anúncios e gerenciador de senhas
  • Suporta iOS 11 e superior e tem aplicativos para macOS, Windows e Android
  • Os canais de suporte ao cliente incluem chat ao vivo, e-mail, telefone e guias online
  • Fornece uma garantia de reembols de 30 dias

O recurso de ajuste do TotalAV remove lixo do seu iPhone para evitar ataques desavisados. Seu Gerenciador de Fotos verificou 5 GB de álbuns e detectou mais de 500 fotos duplicadas e desnecessárias. O TotalAV liberou 1,2 GB no meu iPhone com uma varredura simples que levou menos de 2 minutos.

Screenshot of TotalAV freeing up space on an iPhone by identifying and deleting useless images

As ferramentas de otimização do TotalAV são ótimas para liberar espaço

Sua varredura inteligente verifica vulnerabilidades de segurança e problemas de desempenho. Por exemplo, identificou que o FaceID do meu telefone estava desativado. Em uma varredura de 2 minutos, ele verificou as atualizações automáticas, os serviços de localização desnecessários ativados e a criptografia WiFi fraca. O aplicativo para iOS inclui esses recursos de segurança:

  • WebShield – bloqueia sites inseguros antes que você possa abri-los (você também pode configurá-lo para bloquear URLs de mineração de criptomoedas e sites não confiáveis).
  • Verificador de violação de dados – verifica se seu e-mail e senhas foram comprometidos em violações de dados anteriores.
  • Verificador de código QR – bloqueia sites maliciosos escondidos atrás de códigos QR para evitar potenciais ataques de phishing.

Com o foco em melhorar o desempenho do seu iPhone, não faria sentido se o TotalAV fosse pesado em recursos. Embora não tenha um firewall ou suporte a verificações de dispositivos como o Norton, a varredura inteligente mantém a integridade do seu iPhone sem sobrecarregá-lo, além de disponibilizar seu aplicativo em português. Com o TotalAV, meu iPhone não apresentou queda de velocidade mesmo quando naveguei na web em várias guias do Safari.

Você pode obter o TotalAV por apenas $19.00, mas recomendo o plano Total Security, que protege até 6 dispositivos ao mesmo tempo. Você pode experimentá-lo sem riscos por 30 dias com sua garantia de reembolso. Solicitei meu reembolso via chat ao vivo e tive que fornecer um motivo para cancelar – recebi o reembolso em uma semana.

3. McAfee – Recurso Identity Protection protege seus dados pessoais contra hackers

Principais características:

  • Tem uma pontuação de proteção em tempo real de 100%
  • Inclui monitoramento de identidade, uma VPN integrada, proteção da web e um verificados de WiFi
  • Suporta todas as plataformas populares e é compatível com iOS 13 e superior
  • Encontre respostas em sua base de conhecimento ou use o chat ao vivo e os canais de suporte por telefone
  • Conta com uma garantia de reembolso de 30 dias

O Identity Protection da McAfee evita que seus dados caiam em mãos erradas. A ferramenta verifica se suas informações vazaram na dark web para que você possa tomar medidas imediatas. O aplicativo também possui monitoramento de crédito e proteção contra perda de carteira para mitigar perdas financeiras, embora esteja disponível apenas em alguns países, como os EUA. A McAfee também protege seu iPhone com:

  • Verificação de WiFi – verifica a força e a reputação de criptografia de uma rede, alertando-o sobre WiFi público potencialmente arriscado antes que você possa se conectar.
  • VPN segura – criptografa seus dados e os roteia por outro local, mantendo você anônimo na web o tempo todo.

Embora o aplicativo iOS da McAfee não inclua verificações de dispositivos, sua varredura de sistema verifica se há softwares desatualizados e outras vulnerabilidades no seu iPhone. Você pode verificar a pontuação geral de proteção do seu dispositivo e seguir as recomendações da McAfee para aumentá-la.

Screenshot of how to access McAfee's features on its iOS app

Consegui ver a segurança geral do meu iPhone com o McAfee

Seu aplicativo para iOS é leve, mas não tanto quanto o TotalAV. Ele está traduzido para o português e funcionou perfeitamente bem no meu iPhone 13 Pro Max, mas notei alguma lentidão durante uma varredura do sistema no meu iPhone X. Dito isso, o McAfee não acelerou o consumo de bateria em nenhum dos telefones.

O plano Mobile Security protege 1 iPhone. Sugiro o plano de $39.99/ano que suporta 10 dispositivos simultâneos. Você pode experimentá-lo sem riscos por 30 dias com sua garantia de reembolso. Testei por conta própria e recebi meu dinheiro de volta uma semana depois de enviar uma solicitação via chat ao vivo.

Tabela de comparação rápida: melhores aplicativos de segurança para iPhone em 2024

Proteção em tempo real VPN integrada Proteção WiFi Proteção de SMS Garantia de reembolso (dias)
Norton 60
TotalAV 30
McAfee 30

Como testei e classifiquei os melhores aplicativos para iPhone para evitar hacks

Analisei os melhores antivírus da indústria em 2024 e usei os seguintes critérios para escolher os melhores para iOS.

  • Segurança em tempo real – escolhi antivírus com pontuações de proteção em tempo real quase perfeitas e recursos como identidade e proteção na web.
  • Recursos extras – selecionei antivírus que oferecem extras úteis, como verificação de WiFi, firewall, VPN integrada, proteção contra spam e mais.
  • Facilidade de uso – usei cada aplicativo antivírus para iOS e garanti que minhas principais escolhas fossem amigáveis para iniciantes e não afetassem o desempenho do meu iPhone.
  • Suporte ao cliente – testei cada canal de suporte antivírus e os classifiquei com base na utilidade, profissionalismo e rapidez.
  • Garantia de reembolso – escolhi antivírus que fornecem uma janela para experimentá-los sem riscos com garantias de reembolso testadas e comprovadas.

Perguntas frequentes sobre recuperação e proteção de hacks para iPhone

Um iPhone pode ser hackeado?

Sim, embora seja menos comum devido às rígidas medidas de segurança da Apple. No entanto, nenhum dispositivo está totalmente imune a ameaças de segurança. Existem algumas maneiras pelas quais os iPhones são hackeados, incluindo phishing, exploração de vulnerabilidades não corrigidas, aplicativos maliciosos e jailbreaking.

Como saber se meu iPhone foi hackeado?

Os sintomas de um iPhone hackeado incluem drenagem rápida da bateria, superaquecimento e ícones desconhecidos na tela inicial. Você também pode notar um uso de dados excepcionalmente alto, desempenho lento ou sua câmera ou microfone ligado desnecessariamente. Não conseguir acessar seu Apple ID ou ver transações não autorizadas é um sinal claro de que seu iPhone foi hackeado.

O que devo fazer se meu iPhone for hackeado?

Primeiro, obtenha um antivírus confiável para o seu iPhone e verifique se há malware no seu dispositivo. Depois de remover as infecções, altere a senha do seu Apple ID e todas as outras senhas da conta para evitar mais danos. Atualize seu iOS e aplicativos, se ainda não o fez, pois isso deve corrigir possíveis vulnerabilidades que os hackers exploraram para entrar no seu iPhone.

Qual é a melhor maneira de proteger meu iPhone contra hackers?

Use os melhores antivírus desta lista. Além de remover infecções do seu iPhone, um antivírus confiável protege você contra ameaças de phishing, roubo de identidade, spam e redes WiFi suspeitas. No entanto, a navegação segura e a vigilância são igualmente importantes para proteger o seu iPhone contra hackers.

Existe algum software de segurança grátis para o meu iPhone?

Sim, mas a maioria não pode proteger o seu iPhone. É melhor usar um antivírus premium como o Norton e aproveitar sua avaliação gratuita e a garantia de reembolso de 60 dias.

Os antivírus gratuitos geralmente não têm segurança e recursos poderosos em tempo real, como proteção na web e um firewall, que são essenciais para a proteção contra ameaças. No entanto, existem alguns antivírus gratuitos para iOS que vale a pena conferir.

Os iPhones são mais seguros que o Android?

Sim, devido à abordagem de sandbox da Apple e ao rigoroso processo de revisão de aplicativos. No entanto, isso não significa que os iPhones sejam imunes a ameaças. Um antivírus confiável desta lista deve desinfetar seu iPhone e evitar futuros ataques de malware.

Mantenha seu iPhone seguro contra hackers com o melhor software

Se você não souber os sinais de um iPhone hackeado, poderá enfrentar perdas financeiras significativas. Infelizmente, a rigorosa segurança integrada da Apple não é suficiente para evitar ameaças modernas. Além de observar práticas de navegação seguras e ficar atento online, usar um antivírus confiável para iOS é a sua melhor chance de proteger o seu iPhone contra hackers.

Depois de testar extensivamente os principais concorrentes do setor, escolhi os melhores antivírus para iPhones. O Norton é minha principal recomendação devido às suas pontuações perfeitas de proteção em tempo real e recursos extras úteis, como proteção para phishing, links de spam e WiFi. Você pode experimentá-lo sem riscos com sua política de reembolso de 60 dias.


Resumo – Os melhores programas de 2024 para proteger os iPhones contra hackers

Melhor opção Preferido
Norton
$ 29.99 / year Economize 58%
TotalAV
$ 19.00 / year Economize 84%
McAfee
$ 44.99 / year Economize 70%
Gostou desse artigo? Avalie!
Eu detestei Eu não gostei Achei razoável Muito bom! Eu adorei!
4.60 Votado por 3 usuários
Título
Comentar
Obrigado por seu feedback
Please wait 5 minutes before posting another comment.
Comment sent for approval.

Deixe um comentário

Mostrar mais...