Prepare-se para sua viagem à China com estas dicas de tecnologia

Última atualização por Mackenzie Pringle em maio 29, 2019

Se você for viajar à China para negócios ou lazer, a chave para uma viagem bem-sucedida é estar preparado.

China travelers guide vpnEste guia de viagem falará sobre tudo o que você precisa saber antes de embarcar no avião rumo à República Popular da China.

Desde como obter seu visto até os apps essenciais e dicas para contornar ou acessar sites populares que estão bloqueados pelo governo chinês – e muito mais.

Navegação rápida:

1 O que você precisa saber

China flag

Como país, a China pode ser bastante paradoxal.

Em algumas regiões, você encontrará as mais belas paisagens e cordilheiras, enquanto algumas cidades, como Cantão e Xangai, estão entre as cidades mais densamente povoadas do mundo.

Após manter suas fronteiras fechadas aos turistas durante quase 50 anos, os chineses decidiram abraçar o turismo em meados da década de 1970, tornando-se um dos 5 países mais visitados do mundo.

Apesar disso, a ampla maioria das lojas chinesas não aceita moeda estrangeira – e pode ser difícil encontrar alguém que fale outro idioma além do chinês.

O país é um dos maiores inovadores tecnológicos do mundo, mas, ao mesmo tempo, o governo ordenou o bloqueio de alguns dos sites mais populares do planeta (Google, Facebook, Twitter, Wikipédia, BBC e milhares de outros).

Então, o que tudo isso significa para você?

Ao chegar à China, você deverá realizar um tipo de exercício de equilíbrio, adotando as tradições antigas enquanto aproveita as comodidades modernas. Estude um pouco sobre a cultura do país e se prepare para ser flexível.

Porém, ao mesmo tempo, chegue preparado com as ferramentas necessárias para fazer de sua viagem um sucesso. Seja um dicionário chinês-português, um app de mensagens adequado ou uma VPN.

2 O que fazer antes do seu voo

Before Your Flight

1 Obtenha seu visto

Embora alguns países permitam que os visitantes preencham o pedido de visto no avião, a China exige que você o preencha com antecedência. Existem muitas opções diferentes de vistos, dependendo do motivo da sua viagem e da duração da sua estadia.

Certifique-se de escolher o visto adequado e forneça todas as informações necessárias.

2 Adquira uma VPN

Caso pretenda publicar fotos no Instagram, atualizar seu Facebook ou tweetar durante sua estadia na China, você precisará de uma VPN que seja capaz de contornar o Grande Firewall da China.

Devido à forte censura online, você não conseguirá baixar a VPN após sua chegada (há algumas formas de fazer isso, mas elas são complicadas; portanto, é melhor baixar antecipadamente). Nem todas as VPNs estão funcionando na China – por isso, certifique-se de escolher uma opção que consiga contornar o firewall.

3 Reservando um quarto de hotel

Uma das informações que deverão ser fornecidas é a confirmação da sua reserva de hotel. Caso seus planos sejam flexíveis, e se não quiser ficar preso a um hotel específico, você deverá verificar com seu agente de turismo ou recorrer a um site chinês que não o penalize, caso você cancele ou altere a data.

(Esta também é uma boa forma de conseguir o melhor preço possível de hotel.)

4 Aprenda as principais frases em chinês

Esforçar-se para aprender as principais frases fará toda a diferença na China. Não estamos sugerindo que você fique fluente em mandarim antes de embarcar no avião, mas é muito importante ser capaz de perguntar “Onde é o banheiro?”, “Como faço para ir até…”, “Olá”, “Obrigado”, “Você poderia tirar uma foto da gente?”, “Qual é o preço disto?” e “Você fala português?”.

3 Configurando seu celular

Protect your Android device by using a VPNObtenha um cartão SIM chinês

Mesmo que você possua um pacote de roaming da sua operadora de telefonia, ainda é uma boa ideia obter um cartão SIM chinês. Você pode encontrá-los quando chegar ao aeroporto, ou adquirir um cartão na maioria das lojas.

É importante ressaltar que os cartões SIM são válidos somente na província onde foram adquiridos – portanto, se estiver viajando, você ainda incorrerá em tarifas de roaming, mas elas serão muito menores que os altos valores do serviço de roaming internacional.

Adquira um “Mifi” ou Wi-Fi de bolso

A popularidade das redes Wi-Fi de bolso chamadas de “Mifi” (hotspot mobile) tem crescido ultimamente, conforme os trabalhos freelance e o estilo de vida nômade digital ganham força. Com as redes Wi-Fi de bolso, você contará com uma conexão estável à internet, o que é muito útil para turistas que precisam de acesso à internet durante a viagem.

4 Apps importantes para baixar

Apps to download

1 Comunicação e métodos de pagamento

WeChat (disponível no Play ou iTunes) – além de uma VPN, o WeChat talvez seja o app mais importante que você pode baixar.

O WeChat é o principal serviço social de mensagens e permite que você mantenha contato com quaisquer novos amigos que fizer na viagem.

Ela não é apenas o app de mensagens mais popular da China, mas também o método de pagamento preferido.

O PayPal não é confiável na China, mas você será capaz de configurar uma conta e inserir os dados do seu cartão de crédito, para que possa manter seus cartões guardados em segurança e desfrutar a liberdade de não precisar transportar dinheiro.

2 Fale como um local

Mesmo que você tenha seguido nosso conselho e aprendido algumas das principais frases antes de sua chegada, muito provavelmente continuará havendo uma barreira de comunicação durante seus deslocamentos na China.

Apesar de os moradores locais sempre estarem dispostos a ajudar você, fazer o download de um app de idiomas pode ser essencial.

Infelizmente, o Google Tradutor não funciona bem, pois todos os apps do Google são bloqueados na China. Portanto, apresentamos algumas soluções alternativas.

Waygo
Caso pretenda baixar um app de idiomas para usar na China, você não pode abrir mão do Waygo. Este app pode traduzir tudo simplesmente usando a câmera do seu celular, além de ser ótimo para quando você estiver tentando decifrar o que há no cardápio de um restaurante ou precisar saber o que está escrito em alguma placa.

A versão grátis do app permite que você faça dez traduções por dia – porém, se estiver planejando permanecer na China por um tempo maior, acreditamos que vale a pena fazer o upgrade para a versão premium e obter acesso ilimitado aos seus recursos.

Pleco
Este é um ótimo app de dicionário que o ajudará a aprender palavras em chinês, para que você possa viajar pelo país com mais êxito. É possível até mesmo fazer novos amigos e manter conversas básicas com pessoas na rua – além disso, ele pode ser muito útil, caso você se perca e necessite de ajuda para retomar seu caminho certo.

5 Deslocamento

Getting Around

1 Troque seu dinheiro por yuan

Dólares, euros e libras podem ser aceitos na maior parte do mundo; porém, na China, você precisará converter seu dinheiro para yuan.

Embora você deva fazer a maioria dos pagamentos através do app do WeChat, não custa nada possuir dinheiro na carteira – e, caso queira pagar um motorista de táxi, comprar alguma bugiganga ou fornecer gorjeta ao garçom, a única moeda aceita será o yuan. Você pode trocar dinheiro no aeroporto, bancos ou quaisquer quiosques que encontrar.

2 Seu substituto ao Google Maps

Na China, você precisará abrir mão do uso do Google Maps, o que pode parecer um pesadelo para alguns viajantes. Porém, não tema, pois apps como Baidu Maps e CityMaps2Go (para Android e iPhone) atenderão a todas as suas necessidades.

O Baidu Maps é uma ótima opção, caso você esteja em busca de um app completo com informações detalhadas sobre restaurantes e atrações nas proximidades, condições de trânsito e transporte público.

Por outro lado, o CityMaps2Go, fornece mapas offline da cidade que usam sua localização GPS em tempo real – portanto, até mesmo sem conexão à internet, você conseguirá encontrar seu caminho.

3 Alternativa ao Uber

Você deverá baixar o Didi Chuxing, caso queira se deslocar pelas principais cidades na China assim como o faria em sua cidade natal.

O Uber China recentemente vendeu sua base de clientes ao Didi Chuxing, após uma longa guerra licitatória entre as duas empresas.

O Didi Chuxing possui muitos dos mesmos recursos que você usa no Uber, como compartilhamento de carona, aluguel de carro para deficiências e motorista designado, o qual será necessário após você tentar acompanhar o ritmo dos jogos etílicos locais na China.

6 Antes de sua ida

Virtual Private Network (VPN) Como estrangeiro, você não enfrentará muitos problemas na China. Esteja ciente de que as baixas velocidades de internet e leis de censura rigorosas podem ser extremamente frustrantes, caso você chegue despreparado.

Lembre-se de que você tem mais probabilidade de ser flagrado ou hackeado se usar uma VPN grátis ou um provedor barato que não tenha sido testado – portanto, faça seu dever de casa antes de viajar. A última coisa de que você precisa é alguém abusar de suas informações, ou o governo bloquear seu acesso.

Não se esqueça de baixar e instalar sua VPN antes de chegar ao país, pois ela não estará disponível nas lojas da Apple ou Google Play na China. Recomendamos que adquira o ExpressVPN, claramente a VPN mais confiável e bem-sucedida para você usar enquanto explora as belas paisagens que a China tem a oferecer.

ExpressVPN encrypted virtual tunnel Além disso, é uma boa ideia estar com todos os seus outros apps da viagem configurados e prontos para uso, para que você não precise lidar com as baixas velocidades de download que enfrentará dentro do país.

Contanto que siga as dicas deste guia, você deverá obter acesso irrestrito ao mundo online e não sofrerá nenhuma consequência, tornando suas férias mais agradáveis.

Observação para agentes de turismo: fique à vontade para copiar este guia de viagem da China e publicá-lo em seu site – apenas não se esqueça de nos informar nos créditos e de incluir um link para nosso site.

Mackenzie Pringle
Mackenzie é especialista em segurança na web e apaixonada por cibersegurança. Ela viaja pelo mundo em busca de experiência, inspiração e mais informações sobre seus tópicos favoritos.