Como melhorar a sua vida de nômade digital com uma VPN

Published by Olivia Jones on agosto 17, 2018

Quando o seu local físico se torna irrelevante à maneira como você trabalha, o mundo logo abre uma porta cheia de possibilidades de como e onde alguém pode viver a sua vida. As chamadas de conferência em vídeo se livram do dever de se reunir com os clientes em um escritório; os aplicativos de compartilhamento fazem a transferência de documentos e projetos de forma instantânea; e o serviço em nuvem permite que você veja a infraestrutura de uma empresa e interaja com ela, não importa onde você esteja.

Ter esses conceitos básicos como a base de uma carreira deu início à formação de uma nova classe de trabalhadores profissionais – os nômades digitais.

Mas mesmo assim, esses viajantes autônomos também precisam de proteção, principalmente quando se trata dos seus dados e das suas informações online. Neste blog, vamos falar sobre esse tipo de trabalhador especial e explicar como as VPNs podem proteger o nômade digital.

O que é um nômade digital

Ser um nômade digital significa viver em um lugar por quanto tempo você quiser e viajar para outro lugar sem mais nem menos, só que mantendo o seu negócio e a sua carreira profissional através da Internet.

Então, se você for um brasileiro que nasceu em São Paulo e por acaso também for um designer gráfico excepcional, não há nada lhe impedindo de alugar um canto no Rio de Janeiro para passar o verão, desde que esse canto possua uma Internet veloz.

Ou se você ganha a vida como um programador em Portugal, mas você sempre teve o sonho de ver a primavera de Paris, você bem que poderia arranjar um apartamento com um preço razoável e com Wi-Fi grátis, passando o tempo trabalhando enquanto você come uns beignets.

Ser um nômade digital lhe traz a liberdade de viver um estilo de vida simples quando se trata de seus bens, tendo uma renda livre para gozar de atividades prazerosas como viajar, investir, ou poupar dinheiro para a próxima fase da vida.

Os nômades digitais geralmente são pessoas solteiras, embora hajam vários casais sem filhos que aproveitam a vida de um nômade juntos.

Esse estilo de vida se tornou tão popular que foi criado o NomadList, um site que ajuda os nômades digitais a planejar onde querem ficar, como se acomodarem ali, e que lista os cuidados para se divertir, ter segurança, e acesso à Internet.

Ao ser visto com a adição de todos os filtros, as cinco cidades mais populares para os nômades digitais de todo o mundo são:

  • Canggu Bali, Indonésia
  • Bangkok, Tailândia
  • Chiang Mai, Tailândia
  • Budapeste, Hungria

Os desafios de ser um nômade digital

Embora seja incrível a ideia de viver na praia, nas montanhas, ou no centro de uma metrópole próspera, ou poder fazer as malas e ir para outro lugar em um piscar de olhos, não é bem assim que as coisas funcionam. Assim como tudo na vida, haverão certas barreiras que você precisa ultrapassar para seguir em frente e ter o máximo de produtividade e lucro.

  1. Solicite um seguro viagem. Isso não é só para te proteger contra um roubo, mas também para lhe garantir a sua saúde médica. Acabar doente em um país onde você não sabe nem dizer “Por favor, chamem um médico para mim depressa” é uma forma ruim de se viver. O seguro viagem lhe dá acesso às clínicas de saúde, aos hospitais, e aos serviços de ambulância.
  1. Solicite um cartão de crédito internacional com baixas taxas. Com sorte, você não vai precisar usar o cartão de crédito tanto assim, mas ele ainda assim é uma utilidade financeira incrível. Busque um cartão de crédito com baixas tarifas para compras e saques no exterior e avalie qual a opção ideal para você.

Protegendo-se online com uma VPN

VyprVPN
Viajar para outros países pode lhe fazer com que você seja obrigado a seguir a censura e as leis de uso da Internet nacionais. Você também precisa ficar atento à segurança de cada conexão desses países, principalmente se você está pensando em usar a Internet bastante ou trabalhar usando as conexões públicas de bares, restaurantes, aeroportos e universidades. As VPNs podem burlar as restrições e as leis da Internet de um tal país, permitindo que você visite os sites que você quer ou que você precisa acessar.

Além disso, a encriptação máxima e os outros protocolos de segurança fornecidos pelas maiores empresas de VPN oferecem aos nômades digitais um nível de proteção incrível para que eles mantenham os seus dados pessoais e os seus trabalhos importantes a salvo, não importa de qual parte do mundo eles estejam acessando a Internet.

Há milhares de empresas de VPN disponíveis, mas as três melhores VPNs para os nômades digitais são: NordVPN, Trust.Zone, e IPVanish.

1NordVPN

NordVPN
O NordVPN tem o seu serviço baseado no Panamá, fora da jurisdição de países como os da União Europeia ou dos Estados Unidos. A sua política de privacidade é incomparável, oferecendo uma política contra o registro de históricos, uma chave de proteção, uma proteção contra a liberação de DNS, e um serviço ao cliente disponível 24 horas por dia.

Baixe agora

2Trust.Zone


Já o TrustZone oferece vários recursos incríveis por um preço razoável. É um ótimo negócio para os usuários de VPN iniciantes, possuindo servidores em mais de 30 países e suporte ao processo de encriptação OpenVPN.

Baixe agora

3IPVanish

IPVanish
E o IPVanish oferece acesso a quase 40.000 endereços IPs diferentes, permitindo-lhe trocar de servidor quantas vezes quiser e ter até cinco conexões simultâneas.

Baixe agora

Olivia Jones
Olivia já escreveu e fez edições de grandes publicações e revistas. Sua posição anterior em uma empresa de segurança cibernética deu a ela a vantagem de desenvolver tendências de segurança online.